Team Balloutta conquista terceiro lugar geral no Sul-Americano de Jiu-Jítsu da CBLP

The following two tabs change content below.
Por Fábio Velame - fabio@gvesportes.com.br

Equipe foi composta por atletas da matriz de Governador Valadares e das filiais de Ipatinga, Timóteo e Manhuaçu.

Delegação valadarense da equipe DBT (foto: Arquivo Pessoal Leonardo Martins)

Os atletas da equipe Diego Balloutta Team (DBT) tiveram bom desempenho no Campeonato Sul-Americano de Jiu-Jítsu profissional 2019, competição promovida pela Confederação Brasileira de Lutas Profissionais (CBLP) e disputada no último sábado (16), no ginásio Tancredão, em Vitória, Espírito Santo. A equipe fez 403 pontos e ficou no terceiro lugar da competição com 17 medalhas de ouro, 21 de prata e 12 de bronze. A equipe DBT contou com a participação de cinco atletas valadarenses, além de vários atletas das filiais de Ipatinga, Manhuaçu e Timóteo.

Um dos destaques da delegação valadarense da Diego Balloutta Team foi o faixa-marrom Leonardo Martins, campeão na categoria adulto absoluto e com o vice-campeonato na categoria adulto pesadíssimo. Outro faixa-marrom da Diego Balloutta Team também teve destaque. Arthur Pinho foi o campeão da categoria adulto meio-pesado e ficou em terceiro lugar nas disputas do adulto absoluto. Ainda da matriz da DBT de Governador Valadares participaram Danilo Silva que ficou com o vice-campeonato na categoria faixa-branca adulto absoluto e com o 4ª lugar na categoria faixa-branca adulto meio-pesado; Flávia Satil ficou em 4º lugar na categoria faixa-branca adulto leve e Lázaro Junio participou nas categorias faixa-azul adulto leve e adulto absoluto, mas não conquistou medalhas. As outras medalhas da equipe DBT vieram com os atletas das filiais de Manhuaçu, Timóteo e Ipatinga.

Leonardo Martins e Arthur Pinho no pódio da categoria faixa-marrom adulto absoluto (foto: Arquivo Pessoal Leonardo Martins)

Leonardo Martins ficou satisfeito com o desempenho na competição depois de voltar de contusão. “Sou servidor público e divido meu tempo entre o serviço e treinamentos intensos. Fico feliz com os meus resultados porque voltei a competir após 150 dias parado por causa de uma lesão no ombro. O meu sucesso tem a ver com os apoios dos patrocinadores e principalmente pelos treinos realizados na equipe DBT que me possibilitaram uma preparação eficaz em tão pouco tempo”, disse.

Para competir no Campeonato Sul-Americano de Jiu-Jítsu Profissional 2019, Leonardo Martins teve apoio de Guardião Concurso, Jumper Escola de Idiomas, MPX Suplementos, Pimenta Rosa Sex Shop, Nutricionista Priscila Duarte e Personal Oscar Lemos.

Matérias relacionadas

Patrocinadores

error: Para compartilhar este conteúdo, por favor utilize o link na barra de endereço ou as ferramentas oferecidas na página. Todo o conteúdo publicado no www.gvesportes.com.br está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do site em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do GV Esportes. (fabio@gvesportes.com.br).