Projeto Social Arte Suave Sir/Cicero Costha GV fatura 12 medalhas em Guanhães

The following two tabs change content below.
Por Fábio Velame - fabio@gvesportes.com.br

Últimas postagens por Fábio Eustáquio Velame Silva (Ver tudo)

Equipe valadarense esteve presente com 14 atletas no AX Minas Open Brazilian Jiu-Jítsu 2019.

Delegação do Projeto Social Arte Suave Sir/Cícero Costha GV em Guanhães (foto: Arquivo pessoal Alexandre Ari)

A equipe do Projeto Social Arte Suave Sir/Cicero Costha GV participou do AX Minas Open Brazilian Jiu-Jítsu 2019, competição promovida pelo Team Alexandre Xuxa e disputada no Ginásio Poliesportivo de Guanhães, no último domingo (26). Com 14 representantes nas disputas, a equipe valadarense faturou doze medalhas, sendo três de ouro, seis de prata e três de bronze.

As três medalhas de ouro do Projeto Social Arte Suave Sir/Cicero Costha GV foram conquistadas por João Vitor Esteves (faixa-amarela infantojuvenil super-pesado), Christian Javier Mosca (faixa-branca adulto médio) e Adejanison Oliveira (faixa-branca máster meio-pesado).

Voltaram de Guanhães com a medalha de prata os atletas Alexandre Ari (faixa-preta máster médio), Jucimar Gomes (aixa-azul máster pesado), Sara Letícia Silva (faixa-cinza infantil leve), Aiandra Gomes da Silva (faixa-branca máster pena), Rodolfo Henrique Silva Santos (faixa-branca máster pesado) e Pedro Henrique Vitor (faixa-cinza infantil super-pesado). Já as três medalhas de bronze vieram com Warley Martins (faixa-azul adulto meio-pesado), Lucas Félix Mello (faixa-branca adulto pesado) e Fabricio Onezio Batista (faixa-banca máster pesado).

O líder e professor do Projeto Social Arte Suave Sir/Cicero Costha GV, Alexandre Ari, valorizou os resultados do seus pupilos, mesmo diante de algumas dificuldades. “A nossa equipe teve a oportunidade de levar 14 atletas e voltamos com três ouros, seis pratas e três bronzes. Outros dois atletas infelizmente não trouxeram medalhas, mas fizeram uma boa luta. Tivemos algumas dificuldades com nossos atletas, que estavam extremamente cansados por conta de alguns contratempos que aconteceram na viagem. Voltamos com ainda mais garra já pensando no próximo campeonato e assim poder fazer um melhor resultado. Tenho muito orgulho de cada um dos meus alunos, que são competidores excelentes e de bastante fibra, verdadeiros guerreiros”, disse.

Para competir no AX Minas Open Brazilian Jiu-Jítsu 2019, Alexandre Ari teve apoio de Hospital Samaritano, Enes Cândido, Bruttus Suplementos, Ruty Design de Sobrancelhas, Juninho Esporte e Treinamento Funcional Bruno Botelho.

……………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………..

Para compartilhar este conteúdo, por favor utilize o link na barra de endereço ou as ferramentas oferecidas na página. Todo o conteúdo publicado no www.gvesportes.com.br está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do site em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do GV Esportes. (fabio@gvesportes.com.br)

Matérias relacionadas

Patrocinadores

error: Para compartilhar este conteúdo, por favor utilize o link na barra de endereço ou as ferramentas oferecidas na página. Todo o conteúdo publicado no www.gvesportes.com.br está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do site em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do GV Esportes. (fabio@gvesportes.com.br).