Primeiros passos da Liga Escolar Valadarense

The following two tabs change content below.
Por Fábio Velame - fabio@gvesportes.com.br

Últimas postagens por Fábio Eustáquio Velame Silva (Ver tudo)

Objetivo do trabalho é suprir a carência de projetos esportivos no âmbito escolar

Primeira reunião para discutir os primeiros passos da Liga Escolar Valadarense (foto: divulgação)

Um grupo de pessoas ligadas ao esporte valadarense se reuniu no dia 21 de dezembro para iniciar as primeiras conversas sobre a criação de uma liga escolar. Marcelo Henrique, Marcus Túlio Mazzoni Peixoto, Leandro Placido, Raimundo Duarte Filho, Wesley Pires, Jean Brito, Paulo Guilherme, Douglas Pinho e Fábio José do Santos foram os presentes na reunião, onde discutiram alguns pontos de como colocar em prática o projeto.

O professor de handebol do Colégio Franciscano Imaculada Conceição, Jean Brito, conversou com o GV Esportes e contou um pouco sobre os objetivos e planos de execução do projeto. Inicialmente ele revelou como surgiu a ideia de criação da Liga Escolar Valadarense. “O projeto surgiu por conta do desejo de realizar algo que possa deixar um legado para nossa cidade. Vivemos em tempos difíceis e sabemos que viver do esporte hoje é quase que impossível. Apesar de ser uma ferramenta com impacto grandioso na sociedade, ainda é pouco valorizado em sua essência. O esporte educacional tem sido bastante negligenciado e nós professores temos a possibilidade de promover mudança em nossa sociedade. A educação sofre em um todo e não tem sido diferente com a Educação Física. Por saber deste enorme potencial em nossa cidade, pela necessidade de muitas escolas, o anseio de muitos alunos em poder aprender algo além do esporte e através do esporte, e tendo professores que gostariam de fazer parte de um projeto inovador e que deixassem um legado, vejo que aí se justifica esse projeto”, disse.

Jean revelou que a cidade tem uma carência de projetos esportivos no contexto escolar e destaca que a Liga Escolar Valadarense tem o objetivo de suprir essa carência, além de proporcionar qualificação para professores e alunos. “O objetivo principal é atender uma demanda real de carência de projetos esportivos que busquem o esporte numa dimensão educacional, partindo para cima das escolas, sejam elas públicas ou privadas. É ali que se encontram a massa de jovens carentes de atendimento nesta área. Outro possível objetivo é ter um projeto que ofereça possibilidade de competição, capacitação e preparo para professores e alunos, visando uma melhora acentuada no nível técnico dos Jogos Estudantis Valadarense (JEV). Com isso, teremos mais escolas preparadas a representar nosso município nos Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG) e quem sabe possamos revelar muitos talentos através do esporte”.

Esporte no âmbito escolar é o foco do projeto (foto: Fábio Velame)

Jean Brito explicou como serão as atividades que a Liga Escolar Valadarense pretende executar. “Os trabalhos a serem desenvolvidos serão pautados em atendimento aos professores por meio de uma padronização relacionada aos treinamentos das equipes de suas escolas. Também pretendemos oferecer um preparo inicial aos alunos através de oficinas regionais, que serão oferecidas para as escolas que fizerem parte da Liga. Temos outros pontos importantes, como cursos da formação de árbitros e áreas vinculadas ao esporte escolar, além é claro de oferecer o suporte em termos consultoria de trabalho caso seja necessário. Creio que em um curto espaço de tempo estaremos modificando a realidade local. Isso é algo que enche os olhos e nos traz esperança, mesmo sabendo que temos tão pouco reconhecimento”, concluiu.

Matérias relacionadas

fabio-eustaquio-velame-silva

Por Fábio Velame - fabio@gvesportes.com.br

Patrocinadores

error: Para compartilhar este conteúdo, por favor utilize o link na barra de endereço ou as ferramentas oferecidas na página. Todo o conteúdo publicado no www.gvesportes.com.br está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do site em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do GV Esportes. (fabio@gvesportes.com.br).