Valadarense na disputa do WOCS 49

The following two tabs change content below.
Por Fábio Velame - fabio@gvesportes.com.br

Últimas postagens por Fábio Eustáquio Velame Silva (Ver tudo)

Rodrigo Zói volta ao MMA depois de 2 anos

Rodrigo Zói vai em busca da oitava vitória no MMA (foto: Fábio Velame/GV Esportes)

A 49ª edição do Watch Out Combate Show será disputada no dia 24 de março, no Hotel Laghetto Stilo Barra Rio, no Rio de Janeiro e terá a participação de um atleta valadarense. Rodrigo Zói (RZ Team) encara Florisbergue Carneiro (Brazilian Top Team) na categoria de peso combinado até 74 quilos. O combate faz parte do card preliminar do evento. No WOCS 49, serão disputadas 19 lutas de MMA, sendo no 7 no card principal, 7 no card preliminar e 5 no card amador.

O valadarense Rodrigo Zói que tem um card de sete vitórias e duas derrotas, volta ao MMA depois de dois anos. Sua última luta foi no Face to Face 13, no dia 12 de março de 2016, quando venceu Jeferson Sagat (RFT) por finalização (armlock) no 1º round. Rodrigo Zói está animado, pois vem de três vitórias seguidas (duas por finalização e uma por nocaute) e busca mais um triunfo na carreira. “Depois de ficar um tempo parado no MMA, recebi o convite para lutar e venho treinando algumas coisas específicas para o combate. Depois de recuperar do problema que tive na perna por causa de um acidente de moto, também voltei a competir no jiu-jítsu pra ajudar nessa minha preparação, que será finalizada na sede da equipe Tatá Fight Team (TFT), no Rio de Janeiro. A equipe é grande, inclusive com lutadores que já fazem parte do UFC, então será um período bom de treinos para acertar os ajustes finais”, disse.

Sobre as possibilidades na luta, Rodrigo Zói contou que inicialmente pensa em ir para a trocação, mas se a luta tiver que ser desenvolvida por baixo, tem muita confiança no seu jiu-jítsu. “A tendência é ir pra trocação e buscar o nocaute, creio que o meu jogo em pé seja melhor do que o do meu adversário, que também é faixa-preta de jiu-jítsu. Caso a luta vá pra baixo, não será segredo, confio no meu jogo por ali, acredito muito no meu jiu-jítsu que aprendi com o professor Patrick Vandesteen. Então, seja qual for a situação eu vou muito confiante”, finalizou.

Para lutar no WOCS 49, Rodrigo Zói tem apoio de Rei dos Tambores, ANG Equipamentos, Combrasil Cores, Juninho Esporte e Caverna Crossfit.

Matérias relacionadas

Patrocinadores

error: Para compartilhar este conteúdo, por favor utilize o link na barra de endereço ou as ferramentas oferecidas na página. Todo o conteúdo publicado no www.gvesportes.com.br está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do site em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do GV Esportes. (fabio@gvesportes.com.br).